Aumenta mortalidade por queda entre idosos

Aumenta mortalidade por queda entre idosos
A mortalidade por quedas envolvendo idosos no Estado de São Paulo aumentou quatro vezes de 2000 a 2008.
[Imagem: Wikimedia]

Quedas fatais

A mortalidade de idosos por quedas aumentou quatro vezes em menos de uma década, segundo pesquisa feita pela Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo.

De 2000 a 2008, houve um salto de 7,6 óbitos para cada 100 mil pessoas com mais de 60 anos para 28,4. Em números absolutos houve 1.240 mortes de idosos vítimas fatais de quedas em 2008, quase cinco vezes mais do que em 2000.

Os números são crescentes ano a ano. Os dados mostram um crescimento já a partir de 2001, com 17,62 mortes para cada 100 mil idosos, contra 7,63 no ano anterior. Em 2002, houve um pequeno recuo, com 16,69 mortes/100 mil. Mas, a partir daí, os dados são ascendentes, apesar de sofrerem pequenas variações.

Condição física e motora

O envelhecimento da população é apontado como uma das causas prováveis do resultado. Além disso, houve aprimoramento dos sistemas de notificação e controle sobre idosos vítimas de quedas.

As principais causas, segundo o balanço, são a condição física e motora do idoso, que pode ser prejudicada por influência de medicação, tonturas, problemas oftalmológicos, fraqueza muscular ou de audição, entre outros problemas.

Em relação às causas externas, as mais comuns são os obstáculos, que podem estar em casa (móveis, tapetes e falta de iluminação), ou fora dela, como raízes de árvores, degraus ou calçadas esburacadas.

Confira algumas dicas para a prevenção de quedas entre idosos

  • Prefira calçados de salto baixo e que não soltem dos pés
  • Sente-se para vestir calçados
  • Retire tapetes da casa
  • Mantenha escadas e áreas de circulação livres de móveis e objetos
  • Evite subir em bancos e escadas para pegar objetos fora o alcance das mãos
  • Levante-se devagar e encontre equilíbrio antes de andar
  • Uso corrimão nas escadas
  • Utilize luz noturna
  • Evite chocolate, café, chá mate e preto e refrigerantes em excesso. Esses alimentos podem levar a tontura
  • Tome remédio só com prescrição médica


Ver mais notícias sobre os temas:

Acidentes

Terceira Idade

Ossos e Articulações

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.