Meditação contra alcoolismo: Minutos de atenção reduzem litros de álcool

Sempre alerta

Após uma sessão de treinamento de 11 minutos e encorajamento para continuar a praticar a técnica de meditação da atenção plena, pessoas com hábito de "ingestão pesada" de bebidas alcoólicas beberam menos durante a semana seguinte do que pessoas com o mesmo hábito que praticaram técnicas comuns de relaxamento.

"Descobrimos que um exercício muito breve e simples de atenção plena pode ajudar os bebedores a diminuir o consumo [de bebidas alcoólicas], e os benefícios podem ser vistos com bastante rapidez," disse o Dr. Sunjeev Kamboj, da Universidade College de Londres (Reino Unido).

A meditação da mente alerta envolve focar no que está acontecendo no momento presente e é praticada em sessões diárias de poucos minutos de duração.

Meditação contra alcoolismo

Os pesquisadores usaram como cobaias 68 bebedores, que bebem pesadamente, mas não até o ponto de ter um transtorno do consumo de álcool.

Metade deles foi treinada para praticar a atenção plena, que ensina uma maior conscientização sobre os sentimentos e sensações corporais. O objetivo era que os voluntários prestassem atenção em seus impulsos que os levavam a consumir álcool, sem julgamentos e sem tentativas forçadas de suprimi-los.

Mais especificamente, estes voluntários do grupo da meditação foram instruídos a observar suas sensações corporais e perceber que poderiam tolerá-las como eventos temporários, sem necessidade de agir ou tomar qualquer atitude em relação a elas. O treinamento, de 11 minutos, foi dado através de gravações de áudio. No final do treinamento, os participantes foram incentivados a continuar a praticar as técnicas em casa na semana seguinte.

A outra metade aprendeu estratégias de relaxamento físico. O estudo adotou a metodologia duplo-cego, o que significa que nem os pesquisadores e nem os voluntários sabiam qual estratégia estavam aprendendo.

"Nós usamos um projeto experimental altamente controlado para garantir que quaisquer benefícios do treinamento da atenção plena não pudessem ser explicados pela crença das pessoas de que aquele seria um tratamento melhor," justificou o Dr. Tom Freeman, coautor do estudo.

O grupo da atenção consciente ingeriu 9,3 unidades de álcool a menos (equivalente a 1 litro e meio de cerveja) na semana seguinte em comparação com a semana anterior ao estudo, não tendo havido redução significativa no consumo de álcool entre os voluntários que aprenderam técnicas de relaxamento.


Ver mais notícias sobre os temas:

Meditação

Vícios

Drogas Lícitas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.