Fiocruz recebe R$23 milhões para combater Aedes Aegypti

Kits de exames

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vai receber R$ 23 milhões do BNDES para aplicar em ações estratégicas de enfrentamento da epidemia de zika, dengue e chikungunya.

Os recursos serão destinados ao desenvolvimento de kits de diagnóstico e ações de combate ao Aedes Aegypti.

Entre os projetos estão ações que visam o desenvolvimento de novos testes rápidos de diagnósticos, com características diferentes daqueles já disponíveis no mercado.

Um destes produtos é um exame de diagnóstico molecular com capacidade de identificar simultaneamente os vírus da zika, dengue e chikungunya com maior segurança.

O exame dispensa a análise laboratorial para realização dos ensaios, podendo ser utilizado em unidades de saúde e em ações de campo.

Outra categoria que receberá recursos é a de testes sorológicos, que se baseiam na reação do organismo à presença dos vírus e podem ser utilizados muito tempo após a transmissão dos vírus pelos mosquitos. Essa categoria de testes é importante para pacientes assintomáticos, possibilitando aferir se já foram infectados anteriormente.

Controle

Serão beneficiados também dois projetos de controle de vetores.

O primeiro será para a avaliação em larga escala do uso da bactéria Wolbachia no Aedes Aegypti para interromper o ciclo de transmissão, não só da dengue, mas também da zika e da chikungunya. A metodologia foi desenvolvida na Austrália e ainda conta com etapas a serem realizadas no Brasil, que visam avaliar sua eficácia em áreas mais extensas e de maior densidade demográfica.

O segundo projeto que receberá apoio será a tecnologia desenvolvida pela Fiocruz que utiliza o próprio mosquito como veículo dispersor de larvicida. O método visa solucionar o problema de dificuldade de acesso aos criadouros dos insetos, locais não tratáveis pelos meios de controle tradicionais. O larvicida aplicado é o mesmo utilizado em ações já consolidadas de captura e monitoramento do mosquito transmissor das três doenças.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Prevenção

Exames

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.