A dor não é um sintoma da artrite, a dor causa atrite

Osteoartrite

A dor é mais do que um sintoma da osteoartrite, ela é uma parte inerente e danosa da própria doença, segundo um estudo publicado na revista científica Arthritis and Rheumatism.

O estudo revela que os sinais de dores que se originam nas juntas artríticas, e o processamento bioquímico desses sinais quando eles chegam à medula espinhal, fazem com que artrite piore e se expanda.

Além disso, os pesquisadores descobriram que rotas nervosas levando os sinais de dor transferem inflamações das juntas artríticas para a medula e deixa-as retornar, causando a doença nas duas pontas.

Como surge a dor?

Tecnicamente, a dor é um reconhecimento consciente de desconforto que o paciente apresenta. Antes que isso aconteça, porém, a informação deve ser levada ao longo das rotas de células nervosas de, digamos, um joelho machucado, para os centros de processamento da dor nos cornos dorsais da medula espinhal, um processo chamado nocicepção.

O novo estudo dá fortes evidências de que essa interferência nociceptiva de duas vias pode permitir que as juntas artríticas transmitam inflamações para a medula espinhal e para o cérebro, e então se alastrar através do sistema nervoso central de um ponto para o outro.

Juntas artríticas

Além disso, se as juntas artríticas podem causar neuroinflamações, elas podem ter um papel em doenças como o Mal de Alzheimer, demência e esclerose múltipla. Armados com seus resultados, os pesquisadores identificaram alvos potenciais para medicamentos que poderão interferir com os receptores inflamatórios nas células nervosas sensoriais, uma nova forma de tratamento da osteoartrite.

A forma mais comum de artrite, a osteoartrite eventualmente pode levar à deformidade e dores muito fortes à medida que os pacientes perdem o amortecimento protetor entre os ossos em juntas que suportam peso, como joelhos e quadris.


Ver mais notícias sobre os temas:

Ossos e Articulações

Dores Crônicas

Terceira Idade

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.