Brasil terá Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos

O Ministério da Saúde recebe, até o dia 18 de março, sugestões sobre o Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. Os interessados em participar da consulta pública, iniciada em dezembro, podem acessar a página do ministério na internet e enviar as contribuições.

Uso racional de plantas medicinais

O objetivo do programa é garantir o acesso seguro aos fitoterápicos e promover o uso racional de plantas medicinais. O texto básico para o recebimento de sugestões foi elaborado pelo Comitê Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos.

No entendimento dos especialistas, a população tem que ter acesso seguro a medicamentos fitoterápicos. Para isso, eles querem regulamentar o manejo sustentável de plantas medicinais, sua produção e cultivo, bem como a manipulação e a fabricação de fitoterápicos de acordo com suas especificidades de produção, garantia e controle de qualidade.

Pesquisa em fitoterápicos

Outra ação prevê o incentivo à formação e à capacitação de recursos humanos para o desenvolvimento de pesquisas com plantas medicinais e fitoterápicos. A proposta é resgatar e valorizar o conhecimento tradicional sobre plantas usadas popularmente como remédios caseiros, além de apoiar projetos que valorizem esse conhecimento.

O estímulo à produção de fitoterápicos em escala industrial também está proposto, sendo que a idéia é incentivar a produção pelas indústrias farmacêuticas nacionais.

As sugestões podem ser enviadas por meio do endereço http://www.saude.gov.br/consultapublica.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos Naturais

Plantas Medicinais

Qualidade de Vida

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.