23/05/2018

OMS quer cobertura de saúde para 1 bilhão de pessoas

Com informações da Agência Brasil

Saúde para todos

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus, anunciou uma agenda global para salvar a vida de 29 milhões de pessoas nos próximos cinco anos.

Ghebreyesus destacou como prioridade a garantia de cobertura de saúde para mais de 1 bilhão de pessoas no mundo, colocando em prática ações de emergências médicas, incluindo vacinas e combate a doenças reumáticas e cardiovasculares.

Cerca de 13 milhões de pessoas morrem antes dos 70 anos com doenças cardiovasculares, doença respiratória crônica e cancro, a maioria em países de rendas baixa e média. Em 2016, cerca de 15 mil crianças morreram por dia antes de completar cinco anos.

Segundo o último relatório Estatísticas Mundiais da Saúde, menos de metade das pessoas no mundo recebem todos os serviços de que precisam. Em 2010, quase 100 milhões de pessoas foram empurradas para uma situação de pobreza extrema por pagar despesas médicas.

Ghebreyesus afirmou que, as últimas sete décadas foram marcadas por "progressos que aumentaram a esperança média de vida em 25 anos, salvaram crianças e avançaram na eliminação de doenças, como sarampo e, em breve, a poliomielite".

Mas ele admitiu que há ainda "muito para fazer".

O desafio mais urgente, segundo o diretor da OMS, está no combate ao novo surto de ebola na África, especificamente, na República Democrática do Congo, onde 25 pessoas morreram em consequência da doença.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.