06/12/2017

Atividade física reduz fortemente risco de glaucoma

Redação do Diário da Saúde
Atividade física reduz fortemente risco de glaucoma
Fique de olho em mais este benefício dos exercícios físicos: proteção contra o glaucoma.[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Exercícios para os olhos

Pessoas que praticam atividade física de moderada a vigorosa podem reduzir significativamente seu risco de desenvolver glaucoma.

O glaucoma é uma das principais causas de cegueira e é mais comum em pessoas com mais de 40 anos de idade. O tratamento pode retardar sua progressão, mas não há cura.

A boa notícia é a constatação de um declínio de 73% no risco de desenvolver a doença entre as pessoas mais fisicamente ativas, em comparação com as menos ativas.

Até hoje não havia nenhuma suspeita de que questões do estilo de vida desempenhassem um papel no glaucoma, uma doença que é tipicamente descrita como de origem genética, ou hereditária. Contudo, os experimentos mostraram que a atividade física influencia a pressão ocular, que é um importante fator de risco para a doença.

Foi por isso que a Dra Victoria Tseng, da Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA), decidiu estudar uma possível conexão direta entre atividade física e glaucoma.

Glaucoma e atividade física

Usando dados de milhares de pessoas de um estudo nacional que monitora a atividade física desde os anos 1960, Victoria definiu atividade moderada a vigorosa em termos de velocidade de caminhada e número de passos por minuto, medido por um pedômetro. Assim, 7.000 passos por dia todos os dias da semana foram considerados equivalentes a 30 minutos por dia de atividade física durante pelo menos 5 dias da semana.

Para cada aumento de 10 unidades na velocidade da caminhada e no número de passos dados por minuto, o risco de glaucoma diminuiu 6%. Quando medido por tempo de exercício, para cada aumento de 10 minutos na atividade física semanal o risco de glaucoma diminuiu 25%.

"Nossa pesquisa sugere que não é apenas o ato de se exercitar que pode estar associado ao risco de glaucoma, mas que as pessoas que se exercitam com maior velocidade e mais dão mais passos de caminhada ou corrida podem reduzir ainda mais seu risco de glaucoma em comparação com as pessoas que se exercitam em menor velocidade com menos passos," disse Victoria.

 

Fonte: Diário da Saúde - www.diariodasaude.com.br

URL:  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Cópia para uso pessoal. Reprodução proibida.