Usuários de maconha livram-se do vício mais facilmente que alcoólicos

Usuários de maconha livram-se do vício mais facilmente que alcoólicos
As pessoas começam a usar maconha mais jovens do que outras drogas, mas também livram-se dela mais rapidamente.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Vício menos viciante

As pessoas conseguem superar problemas com o uso de maconha (cannabis) bem mais rapidamente do que pessoas da mesma idade que tiveram que enfrentar problemas com a dependência de álcool ou outras drogas.

Além disso, um número significativamente maior dessas pessoas livra-se da maconha sem precisar chegar ao estágio de recorrer a fontes formais de assistência ou suporte, em comparação com aquelas cujos problemas eram com outras substâncias.

"Em comparação com o álcool e outras drogas, a cannabis ocupa um lugar único nas políticas federais e estaduais - continuando a ser ilegal no âmbito federal, mas com uso médico e recreativo legalizado no nível estadual [nos EUA]. Devido a esta maior disponibilidade e à proliferação de uma indústria da cannabis com fins lucrativos, entender as necessidades de indivíduos com problemas de cannabis será cada vez mais importante," disse o professor John Kelly, do Instituto de Pesquisas em Recuperação dos EUA.

Kelly analisou dados de cerca de 40.000 adultos a quem se perguntou: "Você teve um problema com drogas ou álcool, mas já não tem mais?" Os participantes que indicaram ter superado o problema de uso da maconha representaram pouco mais de 11% dos entrevistados, o que representa cerca de 2,4 milhões de adultos nos EUA.

Carreira de dependência

Em comparação com as pessoas que resolveram problemas de dependência de álcool ou outras drogas, aquelas que resolveram problemas de dependência da maconha relataram ter iniciado o uso regular da droga - uma vez por semana ou mais - em idades mais jovens. Mas elas também resolveram o problema em idades mais jovens, uma média de 29 anos, em comparação com 33 anos para outras drogas e 38 anos para o álcool.

Os usuários de maconha precisaram de auxílio de tratamentos formais ou serviços de suporte para se livrar do vício em apenas 18% dos casos, contra 42% daqueles que resolveram problemas com outras drogas ilícitas.

Os usuários de maconha também relataram "carreiras de dependência" - os anos entre o primeiro uso e a superação da dependência - significativamente menores do que os do grupo alcoólico - 12 anos contra 18 anos -, o que pode refletir o maior comprometimento da saúde física e mental associado ao álcool e a ilegalidade da cannabis, afirmaram os pesquisadores.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vícios

Drogas Lícitas

Plantas Medicinais

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.