SUS compra supercomputadores para unificar dados de saúde

Informática da saúde

O Ministério da Saúde anunciou a compra de três supercomputadores que vão ampliar em até dez vezes a capacidade de armazenamento de dados do Sistema Único de Saúde (SUS).

A expectativa é que a expansão da capacidade de processamento e armazenamento de dados permita a unificação de todos os sistemas de informática da saúde, possibilitando a integração do uso de recursos e do histórico de atendimento de pacientes em todo o país.

A melhoria do sistema de informática também deverá colaborar para um atendimento mais rápido do cidadão por meio do prontuário eletrônico, do Cartão Nacional de Saúde e do Registro Eletrônico em Saúde, entre outros serviços informatizados nacionalmente.

Investimento que gera economia

O investimento, feito ainda no governo anterior, chega aos R$ 67 milhões, mas os novos equipamentos representarão redução dos gastos públicos por meio da manutenção dos sistemas e da melhoria da gestão.

A estimativa é que a implantação da nova plataforma gere uma economia de 10% a 20% dos gastos com atenção básica - algo em torno de R$ 7 bilhões a R$ 14 bilhões.

"Recebemos agora os equipamentos, fruto de uma licitação que foi feita em janeiro. E esperamos que, com a licitação do software, consigamos implantar todo o sistema o mais breve possível. Precisamos que eles [estados, municípios e entidades filantrópicas" nos enviem corretamente as informações," disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

O ministério informou que, antes da compra dos supercomputadores, a capacidade de uso de processamento dos servidores estava em torno de 92%. Com a aquisição das máquinas, o número foi reduzido para uma média de 15% a 20% em horários de pico, permitindo o aumento da velocidade no processamento das informações.


Ver mais notícias sobre os temas:

Softwares

Saúde Pública

Atendimento Médico-Hospitalar

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.