Tomar sol influencia absorção de medicamentos pelo corpo

Sol e remédios

A capacidade do corpo para metabolizar os medicamentos está intimamente relacionada com a exposição à luz solar e, portanto, pode variar com as estações.

A conclusão é de um estudo conduzido pelo renomado Instituto Karolinska, da Suécia.

Os resultados oferecem um modelo completamente novo para explicar as diferenças individuais nos efeitos dos remédios, e como o ambiente pode influenciar a capacidade do organismo de lidar com as toxinas.

Imunossupressores

O estudo baseou-se em cerca de 70.000 análises de pacientes que se submeteram a um controle regular dos níveis de drogas no sangue.

Os medicamentos tomados por esses pacientes são os chamados imunossupressores, usados para controlar a ação do sistema imunológico quando são feitos transplantes de órgãos.

Uma análise mais detalhada mostrou que as concentrações de fármacos como tacrolimus e sirolimus, que são usados para evitar a rejeição de órgãos transplantados, variaram ao longo do ano de uma forma muito similar às alterações no nível de vitamina D no organismo.

Vitamina D

A capacidade do corpo para produzir a vitamina D depende da luz solar, e os níveis mais altos nos pacientes foram alcançados durante o verão - nesse mesmo período, os níveis dos fármacos nos mesmos pacientes foram os menores registrados ao longo do ano.

Os cientistas acreditam que a menor concentração da droga está associada à ativação, feita pela vitamina D, do sistema de desintoxicação do fígado.

Isto é feito aumentando a quantidade de uma enzima conhecida como CYP3A4. Esta enzima, por sua vez, é responsável pela quebra do tacrolimus e do sirolimus.

Esta é a primeira vez que se demonstra os efeitos da luz solar sobre a metabolização de medicamentos e pode indicar a necessidade de variação das doses dos medicamentos ao longo do ano.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Sistema Imunológico

Cuidados com a Pele

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.