Sensações táteis influenciam pensamentos e decisões

Sensações táteis influenciam pensamentos e decisões
O seu sucesso na sua próxima entrevista de emprego pode não ter muito a ver com o conteúdo do seu currículo. E cuidado com a poltrona onde se senta ao comprar um carro.
[Imagem: MIT]

Bases mais firmes

O seu sucesso na sua próxima entrevista de emprego pode não ter muito a ver com o conteúdo do seu currículo.

Em vez disso, observe se a pessoa que faz a entrevista colocou seu currículo em cima de um objeto pesado ou de um objeto leve - sua aprovação poderá depender disto.

Por estranho que possa parecer, esta é a conclusão de um estudo feito por pesquisadores das universidades MIT e Harvard, duas das mais renomadas instituições de ensino dos Estados Unidos.

Impressões táteis

"Nossa compreensão do mundo e do nosso ambiente social não é apenas um produto das nossas mentes. É um produto de nossos corpos também," explica o professor Joshua Ackerman, coordenador do estudo.

Segundo ele, sua pesquisa mostra que as impressões táteis - nosso sentido do tato - podem influenciar os nossos pensamentos e as nossas decisões.

As conclusões foram tiradas de seis experimentos diferentes, que mostram uma ampla variedade de modos por meio dos quais as sensações táteis podem afetar a tomada de decisões.

De julgamentos feitos no ambiente de trabalho até decisões sobre investimentos financeiros, "a informação tátil exerce uma influência muito ampla sobre a cognição, de uma forma da qual frequentemente não estamos conscientes," escrevem eles em seu artigo.

Teste da prancheta

Veja o teste da prancheta. Os cientistas pediram a 54 pessoas que examinassem o currículo de um candidato a uma vaga de emprego. O currículo era colocado ora sobre uma prancheta leve, ora sobre uma prancheta pesada.

As pessoas que usaram as pranchetas pesadas viram o candidato como possuidor de um "interesse mais sério" na vaga de emprego do que aqueles cujos currículos estavam em pranchetas leves.

"As primeiras impressões são susceptíveis de serem influenciadas pelo ambiente tátil," escrevem os autores. Ackerman acrescenta: "É um resultado surpreendente porque é muito simples."

Teste da poltrona

E a sensação tátil é mais ampla do que o simples toque. Os pesquisadores descobriram, por exemplo, que o valor que um comprador está disposto a pagar por um carro usado pode depender do tipo de cadeira em que ele se senta enquanto está pensando sobre o assunto.

Eles pediram que 86 pessoas apresentassem duas propostas hipotéticas para comprar um carro, partindo de um preço de 16.500 dólares, com a segunda oferta feita no pressuposto de que a primeira tinha sido rejeitada.

A segunda oferta dos participantes que se sentaram em cadeiras almofadadas e macias foram 39 por cento mais altas do que as feitas pelos participantes sentados em cadeiras duras.

Neste caso, "a dureza [da cadeira] produz a percepção de rigor, rigidez e estabilidade, reduzindo a mudança da decisão inicial," dizem os cientistas.

Influenciar os outros

Os autores acreditam que suas descobertas podem ter aplicações práticas no mundo dos negócios, incluindo os candidatos a emprego, comerciantes e vendedores.

Entender como o ambiente influencia as percepções táteis pode ser relevante em "qualquer situação onde você está tentando apresentar uma informação sobre si mesmo, ou onde uma pessoa está tentando influenciar os outros", diz Ackerman.


Ver mais notícias sobre os temas:

Mente

Cuidados com a Pele

Trabalho e Emprego

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.