Plantas medicinais são esperança de novos antibióticos

Plantas contra infecções

Tratamentos contra o câncer frequentemente têm o efeito colateral de comprometer o sistema imunológico do paciente.

Isso pode resultar em infecções secundárias por bactérias e fungos que levam à morte, especialmente com as bactérias como o Staphylococcus aureus tornando-se resistentes aos antibióticos.

Mas uma nova pesquisa realizada por médicos da Índia descobriu uma série de plantas medicinais eficazes contra as infecções bacterianas e fúngicas associadas à queda imunológica que acompanha a quimioterapia a.

Antibióticos naturais

Os pesquisadores da Universidade Rohtak testaram extratos de várias plantas usadas na medicina tradicional ou popular contra microrganismos encontrados na boca de pacientes com câncer bucal.

Dos 40 pacientes envolvidos no estudo, 35 tinham sistemas imunológicos comprometidos, com severa redução no número de neutrófilos.

Oito das plantas testadas foram capazes de afetar significativamente o crescimento dos microrganismos tanto na boca quanto nas culturas puras de bactérias e fungos cultivados em laboratório.

As plantas medicinais pesquisadas incluem aspargos selvagens, data do deserto (desert date), falsa margarida, curry, mamona (caster oil plant) e feno-grego (fenugreek).

Conhecimento popular

"Os medicamentos naturais estão se tornando cada vez mais importantes no tratamento de doenças, e o conhecimento tradicional fornece um ponto de partida na busca de medicamentos à base de plantas," afirma o Dr. Jaya Parkash Yadav, líder do estudo.

"E é importante destacar que observamos que o processo de extração teve um efeito enorme tanto sobre a especificidade, quanto sobre a eficácia do extrato da planta contra os micróbios.

"No entanto, várias das plantas testadas demonstraram ser antibióticos de amplo espectro, capazes de combater bactérias, incluindo E. coli, S. aureus e os fungos Candida e Aspergillus.

Esperança

"Tanto a data do deserto quanto a mamona foram especialmente eficazes em combater bactérias como a Pseudomonas aeruginosa, que são conhecidas por serem difíceis de tratar com os antibióticos convencionais.

"Apesar de as plantas testadas apresentaram menor potência do que os antibióticos convencionais, elas oferecem uma esperança contra as espécies [de microrganismos] resistentes. Estes resultados são um ponto de partida para novos testes," concluiu o pesquisador.


Ver mais notícias sobre os temas:

Plantas Medicinais

Medicamentos Naturais

Bactérias

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.