Óleo de peixe pode prevenir esquizofrenia

Óleo de peixe pode prevenir esquizofrenia
A equipe acredita que o Ômega 3 altera o processo de transmissão de sinais no cérebro, embora esse mecanismo ainda seja um mistério.
[Imagem: Wikimedia/Ufinne]

Óleo de peixe é melhor do que remédio

Tomar diariamente uma cápsula de óleo de peixe pode impedir o desenvolvimento de síndromes em pessoas com propensão a doenças mentais como a esquizofrenia.

A conclusão é de um estudo de três meses realizado por uma equipe internacional formada por pesquisadores da Áustria, Austrália e Suíça.

De acordo com a pesquisa, o suplemento parece ser tão eficaz quanto o uso de remédios.

Substância natural

"A descoberta de que o tratamento com uma substância natural pode prevenir, ou ao menos retardar, a aparição de comportamento psicótico nos dá esperança de que pode haver uma alternativa a drogas anti-psicóticas", afirma o autor do estudo.

Os pesquisadores acreditam que a substância Ômega 3 - presente no óleo de peixe e que já é conhecida por promover corações mais saudáveis - é que produz os efeitos benéficos no cérebro.

Embora ainda não saibam como o Ômega 3 age no organismo, a substância já se comprovou eficiente também contra crises epilépticas.

Remédio natural

Um remédio "natural" seria muito bem-vindo, sustenta a revista especializada Archives of General Psychiatry, já que a medicação convencional anti-psicótica é muito forte e pode apresentar graves efeitos colaterais.

O óleo de peixe, por sua vez, é geralmente bem tolerado pelo organismo e fácil de tomar.

Os pesquisadores testaram o tratamento em 81 pessoas avaliadas com alto risco de desenvolver psicose.

Óleo de peixe versus placebo

O alto risco apresentado pelos pacientes estava relacionado ou a um forte histórico familiar de esquizofrenia e doenças similares ou eram pessoas que já apresentavam leves sintomas da doença.

Para que o teste fosse realizado, metade do grupo tomou o suplemento com óleo de peixe ao longo de 12 semanas, enquanto a outra metade tomou placebo. Nenhuns deles sabia qual tratamento estava recebendo.

Os pesquisadores acompanharam o grupo por um ano para saber quantos desenvolveriam a doença.

Duas pessoas do grupo que tomava a cápsula de óleo de peixe desenvolveram comportamento psicótico, comparado a 11 pacientes do grupo que recebia placebo.

A equipe acredita que o Ômega 3 altera o processo de transmissão de sinais no cérebro, embora esse mecanismo ainda seja um mistério.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos Naturais

Plantas Medicinais

Terapias Alternativas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.