Ioga e meditação melhoram funções cerebrais e níveis de energia

Ioga e meditação melhoram funções cerebrais e níveis de energia
Apenas 10 minutos de meditação já são suficientes para colher benefícios. Treinamentos mais focados podem inibir genes da inflamação e funcionar como terapia anti-alcoolismo.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Foco

Praticar sessões breves de Hatha ioga e meditação da mente alerta melhora significativamente a função cerebral e os níveis de energia do praticante.

As avaliações, que envolveram sessões de apenas 25 minutos de uma das duas práticas por dia, mostraram um reforço das funções executivas do cérebro, das habilidades cognitivas ligadas ao comportamento dirigido por objetivos e da capacidade de controlar respostas emocionais rápidas e padrões de pensamento e ações repetitivos.

"A Hatha ioga e a meditação da atenção concentram o poder de processamento consciente do cérebro em um número limitado de alvos, como a respiração e a postura, e também reduzem o processamento de informações não-essenciais. Essas duas funções podem ter certo efeito de transferência positiva no curto prazo após a sessão, de modo que as pessoas possam se concentrar mais facilmente no que eles escolheram para lidar no cotidiano," disse o professor Peter Hall, da Universidade de Waterloo (Canadá).

A Hatha ioga é um dos estilos mais comuns de ioga praticados nos países ocidentais, envolvendo posturas físicas e exercícios de respiração combinados com a meditação. A meditação consciente envolve a observação de pensamentos, emoções e sensações corporais com abertura e aceitação, sem críticas.

Benefícios cognitivos e energia

Para chegar a esses resultados, a equipe dividiu trinta e um participantes para fazer 25 minutos de Hatha ioga, 25 minutos de meditação consciente ou 25 minutos de leitura silenciosa. Todos fizeram todas as sessões em ordem aleatória e em dias diferentes.

Após as sessões de ioga e meditação, os participantes apresentaram desempenho significativamente maior em tarefas de função executiva, em comparação com a tarefa de leitura.

"Este resultado sugere que pode haver algo especial em relação à meditação, em comparação com as posições físicas, responsáveis por muitos dos benefícios cognitivos da ioga," disse Kimberley Luu, responsável pelos experimentos.

Tanto a meditação consciente como a Hatha ioga também melhoraram os níveis de energia em comparação com a leitura silenciosa, mas a ioga teve efeitos significativamente mais fortes do que a meditação.

"Há uma série de teorias sobre por que exercícios físicos como a ioga melhoram os níveis de energia e desempenho em testes cognitivos," disse Luu. "Isto inclui a liberação de endorfinas, o aumento do fluxo sanguíneo para o cérebro e a redução no foco em pensamentos ruminativos. Em última instância, porém, ainda é uma questão em aberto."


Ver mais notícias sobre os temas:

Meditação

Mente

Espiritualidade

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.