Equipamento traz esperança a portadores de apnéia do sono

Novo equipamento traz esperança para portadores de apnéia do sono
Samuel Krachman segura um protótipo do Zzoma, um aparelho para ser usado durante a noite para aliviar a apnéia do sono posicional.
[Imagem: Ryan S. Brandenberg/Temple University]

Apnéia do sono

Para alguns, uma noite inteira de sono pode ser tudo, menos repousante. Isto porque eles sofrem de apnéia do sono, que faz com que eles lutem para respirar em sucessivos ataques ao longo da noite. Seis por cento da população é afetada pelo problema - mas muitos nem mesmo sabem que sofrem da apnéia do sono.

"Eles não fazem uma conexão entre o fato de que roncam alto à noite e de que se sentem cansados durante o dia," diz o Dr. Samuel Krachman, da Universidade Temple (Estados Unidos). "Eles pensam que estão apenas cansados, que não estão dormindo o suficiente ou apenas trabalhando demais. Mas, na realidade, tudo isto está relacionado à apnéia do sono."

Aparelho para apnéia do sono posicional

O Dr. Krachman é coordenador de uma pesquisa que está desenvolvendo um aparelho para ajudar os pacientes que sofrem da apnéia do sono posicional. A apnéia do sono posicional se refere a pacientes que param de respirar quando estão deitados de costas, mas que recuperam a respiração normal quando se deitam de lado.

Cerca de 50% dos pacientes com apnéia do sono suave (aqueles que sofrem de 5 a 15 episódios a cada hora) e 20% das pessoas que apnéia do sono moderada (entre 15 e 30 episódios a cada hora) têm apnéia do sono posicional.

Krachman explica como o aparelho, batizado de Zzoma, funciona para reduzir esses episódios. "O Zzoma é um aparelho que se veste ao redor do tórax com se fosse um cinto, com um dispositivo na parte de trás feito de uma espuma firme envolta em tecido para evitar que os pacientes fiquem de costas."

A pesquisa mostrou que o novo aparelho contra apnéia é menos intrusivo do que outros modelos já existentes no mercado, além de ser mais fácil de usar.

A apnéia do sono não tratada pode levar a uma grande variedade de outros problemas médicos. O simples fato de ter apnéia do sono é um fator de risco independente para o desenvolvimento de pressão alta, doenças coronárias e falhas cardíacas.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sono

Qualidade de Vida

Atividades Físicas

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.