Mulheres preferem homens que não se declaram abertamente

Dicas científicas de namoro

Dicas para encontrar namorado ou namorada não faltam. Se funcionam realmente é outra história.

Querendo dar um pouco mais de confiança às "boas práticas" da paquera, cientistas estão cada vez mais se ocupando do tema, criando verdadeiros "laboratórios de namoro".

E a mais recente descoberta divulgada por eles é que, se você quer conquistar uma mulher, é melhor jogar duro.

O estudo, publicado na revista Psychological Science, afirma que uma mulher sente mais atração por um homem quando ela tem dúvidas sobre o quanto ele gosta dela.

Penso nele, logo gosto dele

Por um lado, vários estudos psicológicos constataram que uma pessoa A geralmente gosta da pessoa B quanto mais ela acha que a pessoa B gosta dela.

"Se queremos saber o quanto Maria gosta de João, um bom indicador é o quanto ela acha que João gosta dela," escrevem os autores do estudo, Erin Whitchurch e Timothy Wilson (Universidade da Virgínia) e Daniel Gilbert (Universidade de Harvard).

"Mas o que acontece se Maria não tem certeza do quanto João gosta dela?"

Isso pode levar Maria a gastar mais tempo pensando sobre João, se perguntando o que ele realmente sente, e ela pode acabar achando-o mais atraente quanto mais ela se concentra nele.

Ciência da paquera

As voluntárias do estudo, estudantes da Universidade da Virgínia, acreditavam estar participando de um estudo para ver se o Facebook poderia funcionar como um site de namoro.

Foi-lhes dito que estudantes do sexo masculino de duas outras universidades haviam visto seu perfil e de outras 15 a 20 outras mulheres.

Elas então viram os perfis de quatro homens no Facebook, que elas achavam que eram reais, mas na verdade eram fictícios.

Os pesquisadores disseram a algumas delas que elas haviam visto os perfis dos quatro homens que mais gostaram delas e, às outras, disseram que estes quatro homens as haviam classificado na média.

A um terceiro grupo, nada foi dito sobre preferências, de modo que essas mulheres não sabiam sobre o nível de interesse dos homens em relação a elas.

Não se abra tanto

O resultado, reforçando as conclusões das pesquisas anteriores, foi que as mulheres que acreditavam que os homens gostavam muito delas mostraram-se mais atraídas por esses homens do que mulheres que achavam que eles tinham manifestado apenas um interesse médio.

No entanto, as mulheres que acharam os homens mais atraentes foram aquelas que não tinham certeza se os homens estavam interessados nelas ou não.

"Inúmeros livros populares aconselham as pessoas a não mostrar sua afeição muito abertamente para um potencial parceiro romântico e, em vez disso, mostrar-se exigente e seletivo," escrevem os autores.

E o método científico parece ter levado a essa mesma conclusão, reforçando o saber popular.

"Quando as pessoas se encontram pela primeira vez, esse conselho popular está correto: manter o outro no escuro sobre o quanto gostamos dele vai aumentar o quanto eles pensam sobre nós e vai despertar o seu interesse," concluem os cientistas.

Veja outras pesquisas científicas relacionadas ao namoro e à paquera:


Ver mais notícias sobre os temas:

Relacionamentos

Sentimentos

Emoções

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.