Composto do cogumelo do sol impede câncer de próstata

Prevenção do câncer

Um cogumelo conhecido por seus benefícios culinários e medicinais mostrou-se 100 por cento eficaz na supressão do desenvolvimento do tumor de próstata.

Os pesquisadores descobriram que um composto extraído do cogumelo do sol (Yun zhi), o polissacaropeptídeo (PSP), alveja diretamente as células-tronco do câncer de próstata e suprime a formação do tumor.

A pesquisa, realizada em modelos animais, foi realizada na Universidade de Tecnologia de Queensland, na Austrália, e publicada na revista científica PLoS ONE.

Células-tronco do câncer

O Dr. Patrick Ling, coordenador da pesquisa, afirma que os resultados representam um passo importante para o combate à doença que é uma das principais causas de morte entre os homens.

"Os resultados são bastante significativos", disse o Dr. Ling. "O que queríamos era demonstrar, antes de tudo, que esse composto pode parar o desenvolvimento de tumores de próstata.

"No passado, outros inibidores testados em pesquisas mostraram-se até 70 por cento eficazes, mas estamos vendo uma eficácia de 100 por cento na prevenção do tumor com o PSP." diz ele.

As terapias convencionais só são eficazes com relação a determinadas células cancerosas, mas não às células-tronco do câncer, que iniciam e fazem a doença progredir.

Via oral

O pesquisador ressalta que, nos testes feitos até agora, não foi observado nenhum efeito colateral.

Apesar dos cogumelos terem propriedades valiosas para a saúde, o Dr. Ling afirma que não seria possível obter o mesmo benefício em relação ao câncer de próstata simplesmente comendo-os.


Ver mais notícias sobre os temas:

Plantas Medicinais

Medicamentos Naturais

Saúde do Homem

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.