Casos graves de gripe A estão diminuindo no Brasil

Queda na transmissão

Os casos graves da influenza A (H1N1) estão diminuindo no país, informou o Ministério da Saúde.

O órgão concluiu ainda, ao fazer a análise epidemiológica da doença, que a transmissão do vírus Influenza H1N1 também caiu.

Mortes pela gripe A

No boletim divulgado hoje, o país registra 657 mortes pela influenza A (H1N1) - gripe suína.

O número coloca o país na sexta colocação no comparativo entre os 15 países com o maior número de mortes. A taxa brasileira é de 0,34 morte por 100 mil habitantes.

A Argentina registra a maior taxa de mortalidade (1,15), seguida do Chile (0,76) e da Costa Rica (0,72). De acordo com o Ministério da Saúde, é no Hemisfério Sul que a pandemia atualmente apresenta maior impacto por causa do inverno.


Ver mais notícias sobre os temas:

Epidemias

Exames

Vírus

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.