Caminhar com mente alerta reduz estresse e ansiedade

Caminhar com mente alerta reduz estresse e ansiedade
O "andar consciente" é uma técnica de meditação difundida no ocidente pelo monge vietnamita Thich Nhat Hanh.
[Imagem: Duc(pixiduc)/Wikimedia]

Presente no presente

Dar uma volta a pé pode ser uma boa oportunidade para rever mentalmente sua lista de afazeres. Mas se você usar esse tempo para desligar a mente e ficar mais consciente da sua respiração e do ambiente onde você caminha, os ganhos serão maiores, ajudando a melhorar o seu bem-estar em geral.

Psicólogos avaliaram o ganho de bem-estar de estudantes com alto nível de estresse e verificaram que eles se sentiam melhor enquanto estavam em movimento, mas ficavam muito melhor ainda quando relatavam estar mais conscientes durante esses exercícios.

"Pode ser difícil pedir às pessoas que passem um bocado de tempo fazendo atividades moderadas ou vigorosas indo à academia ou saindo para correr, especialmente quando estão se sentindo estressadas.

"Mas se elas não precisarem mudar seu comportamento diário, e em vez disso possam tentar mudar seu estado de espírito tornando-se mais conscientes, elas poderão ver este efeito benéfico. Você não precisa realizar um bocado de esforço extra para ficar mais consciente enquanto você está se movimentando," disse Chih-Hsiang Yang, da Universidade do Estado da Pensilvânia (EUA).

Atividade física com atenção plena

Os pesquisadores recrutaram 158 estudantes para realizar experimentos de "andar consciente", uma técnica difundida no ocidente pelo monge vietnamita Thich Nhat Hanh e que consiste em conscientizar-se de cada um de seus passos e da sua respiração, sem pensar em nada. Durante duas semanas, oito vezes por dia, os estudantes respondiam perguntas sobre suas atividades físicas, se estavam estressados ou ansiosos, bem como questões destinadas a avaliar seu nível de atenção plena.

Os dados mostraram que, nos momentos em que os participantes estavam mais conscientes ou ativos do que o habitual, eles apresentavam um nível significativamente menor de emoções negativas. O maior nível de ganho apareceu quando havia exercícios físicos com atenção para o momento presente, usando a técnica proposta, o que revela um possível efeito de sinergia entre o movimento e a atenção.

"Quando as pessoas estão mais atentas e mais ativas do que o normal, elas parecem ter uma diminuição extra no afeto negativo. Ser mais ativo em um determinado momento já vai reduzir o afeto negativo, mas ser mais atento do que o normal ao mesmo tempo mostrará esse efeito amplificado," disse Yang.


Ver mais notícias sobre os temas:

Meditação

Atividades Físicas

Bem-estar emocional

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.