Brasil doa medicamento antiaids para o Peru

Em atendimendo a pedido feito pelo governo do Peru, o Brasil irá doar 380 mil comprimidos antiaids ao país vizinho. Em telefonema hoje (25), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou ao presidente peruano Alan García que os remédios já estão disponíveis na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Ao passar à imprensa a informação, a assessoria do Palácio do Planalto primeiro informou que a doação seria de 380 mil comprimidos, depois retificou a informação, dizendo que, na verdade, tratava-se da doação de 330 mil comprimidos. Por fim, reiterou a informação inicial, de que se tratava mesmo de uma doação de 380 mil comprimidos antiaids ao governo peruano.

Na ligação, de aproximadamente dez minutos, Lula pediu a García relatório sobre os efeitos da crise financeira mundial na economia mundial. O objetivo do presidente Lula é relatar a situação dos países sul-americanos durante a reunião do G20 (grupo das 20 principais economias do planeta), em abril, em Londres, Inglaterra.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Quimioterapia

Vacinas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.