Alongamento e faixa japonesa aliviam dores de gestantes

Alongamento e faixa japonesa aliviam dores de gestantes

[Imagem: Jornal da Unicamp]

Faixa japonesa

A utilização de uma faixa-suporte e a adoção de exercícios de alongamentos podem aliviar as dores nas costas causadas pela lombalgia, motivo de queixa de grande parte das gestantes.

A faixa-suporte, uma antiga tradição da cultura japonesa, foi testada em 17 grávidas que realizaram pré-natal em três centros de saúde de Campinas (SP). Já os exercícios de alongamento tiveram 16 voluntárias dos mesmos locais.

"Os dois grupos de grávidas relataram o alívio da dor após o início dos testes. Isto significa que ambos os métodos poderiam ser recomendados para quem está sofrendo com o incômodo na gestação", destaca a autora da pesquisa, Flávia Silva Novaes, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Lombalgia sem medicamentos

O objetivo da pesquisa, ao propor as duas alternativas para o alívio das dores nas costas, é contemplar um público que não pode ingerir medicações em razão do estado em que se encontra.

Além disso, estimativas apontam que 50% das gestantes sofrem com lombalgia. O problema pode resultar, inclusive, na perda das capacidades funcionais. "O aumento do peso da barriga já consiste em um problema para a grávida realizar suas atividades domésticas. Com dor, este quadro fica ainda pior", argumenta.

Queimação e pontadas

Após a aplicação dos testes por três semanas, no último trimestre de gestação, Flávia utilizou escalas de dor, numérica e de carinhas para avaliar a evolução do quadro e saber em que medida os métodos foram eficientes, para traçar um perfil de cada voluntária.

Pelo relato, na maioria das gestantes - cerca de 80% -, a dor lombar teve início entre o quarto e sexto mês de gravidez. A maioria também apontou que a dor era diária, principalmente nos períodos vespertino e noturno. Segundo os relatos, as grávidas sentiam "queimação", incômodo e pontadas.

Atividades físicas e faixa para grávidas

A seqüência de exercícios de alongamento foi elaborada pela própria pesquisadora, fundamentada na literatura e na vivência profissional de atividades físicas para gestantes. Eles foram aplicados durante 30 minutos, três vezes por semana.

Já no caso da faixa-suporte, o uso foi diário. Ela foi colocada entre o quadril e a parte mais baixa do abdômen. A faixa pode ser confeccionada com tecido de algodão, com seis metros de comprimento e 30 centímetros de largura. De fácil colocação, a gestante pode ajustá-la de forma a ficar mais confortável.

"Seu custo é baixo e ela pode ser confeccionada pela própria grávida. Até por isso, resolvi realizar os testes em pacientes de Centro de Saúde, por acreditar ser uma opção para as freqüentadoras", esclarece a educadora física.

Recentemente, uma outra pesquisa demonstrou que exercícios físicos durante a gravidez melhoram o coração da mãe e do bebê.


Ver mais notícias sobre os temas:

Gravidez

Atividades Físicas

Dores Crônicas

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.